home instagram face FAQ ops bye
Eu estava aqui o tempo todo, só você não viu[...]
THEME ©

Porra, nessa madrugada a saudade pegou pesado.


As pessoas te ignoram até precisarem de você, ai é a sua vez de ser indiferente


Deixo-te livre para sentir minha falta, meu cheiro, meu carinho. Deixo-te livre para procurar-me em cada beijo, olhar, resmungo ou ocasião. Deixo-te livre, acima de tudo, para amar-me daquele jeito que só você conhece. Deixo-te livre para querer-me. Deixo-te livre para, livremente, escolher se me queres ou preferes a solidão. Deixo-te livre para que encontre uma razão que explique a confusão que nos mantem separados

Robson Moreira.   (via resolto)


Se você quiser me contar seus segredos, sou de todo ouvido. Se seus sonhos não derem certo, estarei sempre lá para você. Mesmo se o céu desabar, estarei sempre contigo. Sempre que precisar de um lugar, haverá meu canto, pode ficar. Se alguém quebrar seu coração, juntos cuidaremos. Quando sentir um vazio, você não estará sozinha. Se você se perder lá fora, te buscarei. E quando tudo parecer estar perdido, e você precisar de alguém, eu estarei sempre aqui.

Martha Medeiros.  (via classificador)


Apaixone-se por alguém que te curte, que te espere, que te compreenda mesmo na loucura; por alguém que te ajude, que te guie, que seja teu apoio, tua esperança. Apaixone-se por alguém que volte para conversar com você depois de uma briga, depois do desencontro, por alguém que caminhe junto a ti, que seja teu companheiro. Apaixone-se por alguém que sente sua falta e que queira estar com você. Não apaixone-se apenas por um corpo ou por um rosto; ou pela idéia de estar apaixonado.

Tati Bernardi. (via classificador)


Eu definitivamente não consigo me desligar das pessoas. Todo mundo é meu pra sempre, mesmo que seja eu quem tenha ido embora.

Martha Medeiros.  (via sonhosdesperdicados)


Mas é claro que você não liga, a dor está no meu coração, não no seu.

Katy Perry.    (via priorizei)






Às vezes eu me pergunto onde está aquele nós que você sempre dizia existir, em cartas, torpedos… Aquele “nós” que veio gravado em nossas alianças de compromisso e exatamente assim, letra por letra entre aspas, o nós que era a nossa força, a palavra símbolo do nosso amor. Aquele nós que nada e ninguém abalaria, aquele nós em que todas as noites antes de dormir eu ouvia você dizer. Você se foi, sem ao menos um adeus digno de uma pessoa que realmente sentia algo. Está difícil pra você? Mesmo estando com um outro alguém? Imagina como está sendo pra mim, sem ninguém, com uma placa no peito dizendo: “Coração em pausa, esperando por alguém que talvez nunca volte”.

Diego Castro.   (via abominou)


Ela sentava no meu colo, eu acariciava sua cintura, ela rebolava em cima do meu pau, eu a provocava com os dedos. Ela gemia, eu a mordia. Ela se levantou, eu a olhei… Cada peça de sua roupa caia no chão, a olhava dos pés a cabeça, e em cada curva eu me perdia. Guria, se tu soubesse o que faço contigo na minha imaginação… Suas coxas, teus seios, cada parte do teu corpo, era como se ela implorasse por mim. Me levantei, a olhei nos olhos, subimos para o quarto e lá eu a fiz… A fiz gemer, a fiz gozar e a implorar para eu ir mais devagar.

Sex… Ops, love. (via vulgarizei)


O ciúmes não é engraçado? Você não quer sentir, mas acha fofo quando os outros sentem de você.

Katy Perry  (via flyndo)


E o riso dela? Era algo absolutamente dominador. Ninguém tinha a menor chance diante dele

A Menina que Roubava Livros.    (via murmurioss)